terça-feira, setembro 25, 2007

Novo elemento da família suburbana


A família suburbana acaba de aumentar. Não fosse o tamanho, já de si substancial do senhor lá de trás que olha desconfiado para este aqui da frente, resolvi dar-lhe alguma companhia e previsivelmente algum sossego para mim.
Assim o novo inquilino de (ainda) reduzidas dimensões vai adaptando-se aos poucos à nova casa e à nova companhia 7 vezes mais pesada que ele próprio.
Ainda sem nome mas em processo de escolha por concurso internacional... não queremos melindrar nenhum consórcio :)

4 comentários:

o consórcio, digo, anónimo do costume disse...

Se já são amigos, reitero o Hugo... Ah, e é adorável, o bicho (tu também Fidel, não é preciso invejas...) ;-)

Anónimo disse...

Raul, só pode ser Raul. Tem cara de Raul, não tem? E vivam os barbudos da ilha cubana (por acaso o Raul só usa bigode) como os gatos.
Patria ou muerte, venceremos.

Nuno Guronsan disse...

Eu continuo mais apostado nas bandas de leste. Acho que Vladimir, Leão ou Joseph seriam sempre grandes nomes... Ou se a guerra fria entre ele e o Fidel se mantiver, podes sempre chamá-lo de W.

:))))

Luís Bonifácio disse...

Que vontade de fazer umas festinhas.