quinta-feira, outubro 26, 2006

olhares do campo - uma música para os nossos dias

(com agradecimentos especiais a outros dois amigos especiais: ao Guronsan, pela ideia original de musicar os nossos dias, e ao Zé Carlos, pela oferta do disco)

"Lá não tem brisa
Não tem verde-azuis
Não tem frescura nem atrevimento
Lá não figura no mapa
No avesso da montanha, é labirinto
É contra-senha, é cara a tapa
Fala, Penha
Fala, Irajá
Fala, Olaria
Fala, Acari, Vigário Geral
Fala, Piedade
Casas sem cor
Ruas de pó, cidade
Que não se pinta
Que é sem vaidade

Vai, faz ouvir os acordes do choro-canção
Traz as cabrochas e a roda de samba
Dança teu funk, o rock, forró, pagode, reggae
Teu hip-hop
Fala na língua do rap
Desbanca a outra
A tal que abusa
De ser tão maravilhosa

Lá não tem moças douradas
Expostas, andam nus
Pelas quebradas teus exus
Não tem turistas
Não sai foto nas revistas
Lá tem Jesus
E está de costas
Fala, Maré
Fala, Madureira
Fala, Pavuna
Fala, Inhaúma
Cordovil, Pilares
Espalha a tua voz
Nos arredores
Carrega a tua cruz
E os teus tambores

Vai, faz ouvir os acordes do choro-canção
Traz as cabrochas e a roda de samba
Dança teu funk, o rock, forró, pagode
Teu hip-hop
Fala na língua do rap
Fala no pé
Dá uma idéia
Naquela que te sombreia

Lá não tem claro-escuro
A luz é dura
A chapa é quente
Que futuro tem
Aquela gente toda
Perdido em ti
Eu ando em roda
É pau, é pedra
É fim de linha
É lenha, é fogo, é foda

Fala, Penha
Fala, Irajá
Fala, Encantado, Bangu
Fala, Realengo...

Fala, Maré
Fala, Madureira
Fala, Meriti, Nova Iguaçu
Fala, Paciência..."
Chico Buarque - "Subúrbio", in "Carioca"

2 comentários:

Nuno Guronsan disse...

Assim você me deixa encabulado...

Grande escolha, amigo, o Chico é mesmo um grande representante da língua portuguesa, quer na versão cantor quer na versão escritor (Budapeste é um dos meus livros preferidos).

o anónimo do costume disse...

Sem "verde-azuis" nem "foto nas revistas" (só talvez no "Crime", enfim...), não são mesmo nada "utópicos" estes subúrbios, como dizem algures os Pet Shop Boys... (alguém falou em sintonias, não foi? ;-D)