segunda-feira, abril 23, 2007

25 de Abril (na internet) - A cadeira

A 3 de Agosto de 1968, Salazar cai da cadeira, sofre um hematoma cerebral, seguido de posterior acidente vascular. No fundo fica um vegetal.
Ainda assim a classe politica dominante e o presidente Américo Tomás receiam substitui-lo à frente dos destinos do país. Como se receassem que ele pudesse recuperar completamente.


A 27 de Setembro desse mesmo ano, mais de um mês depois da queda, é substituído por Marcelo Caetano e a esperança dos portugueses na possibilidade de reformas politicas passa a chamar-se ”Primavera Marcelista”. São feitas diversas reformas sociais e políticas mas para a maioria dos portugueses nada muda. A politica ultramarina prossegue os seus intentos quando Marcelo Caetano visita as colónias e fica muito impressionado com as manifestações de apreço orquestradas pela DGS (novo nome da PIDE). Dirá à chegada a Lisboa que os africanos querem genuinamente continuar a ser portugueses.

O Ditador já não assistirá à queda do regime. Morre a 27 de Julho de 1970 convencido que ainda é Presidente do Conselho.




1 comentário:

Blogtrotter disse...

ouvi dizer... que aquilo foi uma brincadeira que deu "mau-resultado".